domingo, 15 de março de 2015

1º DESAFIO DA LADEIRA - SUBIDA DO CRUZEIRO


Além da diversão e confraternização entre todos que estavam assistindo ou então tentando vencer a temida ladeira, os resultados seguem abaixo:

Categoria Sub 35 (idades entre 18 e 34 anos)
1º Lugar: Ivanílson M. Rebelo Jr. (01 minuto e 47 segundos) 
2º Lugar: Lucas M. Barbosa (02 minutos e 12 segundos) 

Categoria Sub 50 (idades entre 35 e 49 anos)
1º Lugar: Daniel Menezes (01 minuto e 58 segundos) 
2º Lugar: Márcio de Souza (02 minutos e 17 segundos) 

Categoria Veterano (50 anos ou mais)
1º Lugar: Paulinho Coleiro (03 minutos e 19 segundos) 

O grande momento do dia ficou por conta de Marcos de Souza que, apesar de todas as dificuldades, mostrou disposição, força mental, habilidade e completou toda a subida numa única tentativa, sem parar ou colocar o pé no chão, empolgando toda a galera que estava presente e que o incentivou a cada pedalada rumo à linha de chegada! Nossa admiração e parabéns Marquinhos! Você foi o "cara" do Desafio!

A presença do amigo César Ivan Jr. (Farmácia DrogaCésar), também não poderia passar em branco, sempre ajudando e incentivando o ciclismo na cidade! Na oportunidade, premiou os participantes que zeraram a subida com 10 sachês de carboidrato em gel (VO2)!

Não podemos nos esquecer de agradecer a Sheila e família pela disponibilidade de ponto de luz em sua residência para que pudéssemos ligar o pórtico inflável, bem como a todos que participaram, assistiram e de qualquer forma contribuíram para o ciclismo em nossa cidade!

Valeu e até a próxima!




















sábado, 14 de março de 2015

Notícias & Informações São Fidélis Ciclismo - de 08 a 14 de março de 2015

- SÃO FIDÉLIS CICLISMO SFC - 
DE 08 A 14 DE MARÇO DE 2015

Publicação Semanal: Todo Sábado!

Dicas & Sugestões de pauta: saofidelisciclismo@gmail.com
________________________________________________________________________________

UNIFORME SÃO FIDÉLIS CICLISMO 2015

O 2º lote de pedidos de camisa oficial do São Fidélis Ciclismo já foi despachado pelos Correios pela empresa ERT Uniformes

Assim que recebermos a entrega entraremos em contato com o compradores! Acompanhe o envio pelo site dos Correios (www.correios.com.br/para-voce), código de rastreio PG362836675BR.

Além disso, desta vez teremos uma pequena quantidade de camisas a pronta entrega para serem vendidas na Oficina Lelei Bike, sede do São Fidélis Ciclismo, a um preço de R$ 80,00!
________________________________________________________________________________

Exibindo 10404094_843455859034235_6825271301787045815_n.jpg
PEDAL DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER


Neste domingo , 08/03/15, o grupo BikeGirls realizou mais um passeio ciclístico, desta vez em comemoração ao dia internacional da mulher, com participação especial de alguns amigos dos grupos cambuci bike club e sf ciclismo, inclusive com o apoio do nosso querido presidente Maurílio de Souza Gomes. o percurso teve início seguindo em direção a cachoeira do oriente, tendo como ponto de partida a praça do centro da cidade, com um trajeto de aproximadamente 52 km.

O grupo encontrou no caminho com alguns amigos de Campos dos Goytacazes que participavam de um passeio para o mesmo lugar.

Esses passeios incentivam o exercício físico, sem deixar a diversão de lado e assim, todos saem ganhando em meio um ambiente de harmonia.

Mais do que nunca a mulher demostra que além da ternura existe um ser inteligente e competente para realizar qualquer tarefa.

Junte-se à nós ,  você que curte a natureza e o ciclismo.

Entre em contato com o grupo bikegirls através do endereço: bikegirls.sf@hotmail.com

Fonte: texto e imagem, Eliane Andrade.

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________



COPA INTERNACIONAL DE MOUNTAIN BIKE - CIMTB 2015

Resultado de imagem para copa internacional levorin

Não faltaram emoções neste domingo (8) durante a realização do último dia de provas da Copa Internacional Levorin de MTB, em Araxá. Os ciclistas da super elite largaram para definir os campeões do SHC (Hors Class por estágios), etapa inédita nas Américas, ofertando 160 pontos aos vencedores nos rankings internacionais. Ao fim de três voltas, menos do que as previstas por conta da fortes chuvas e excessos de raios, Henrique Avancini (Cannondale) e Daniela Campuzano (México) sagraram-se campeões da etapa ao somar os resultados dos três dias de provas.

Na super elite masculina, Avancini e Michal Lami (Eslováquia) polarizaram a disputa deste domingo, com a vitória do eslovaco por alguns décimos de segundos. “Largamos com sol e tempo bom. Porém, durante a corrida as condições mudaram e começou a chover forte. Os comissários optaram por encerrar a prova e foi uma grande surpresa para mim. Tive sorte de ganhar, porque o Avancini não esperava minha presença ali”, comemorou discretamente Michal Lami.

CIMTB_2015_03_03
Henrique Avanzini Foto: Bruno Fernandes / Nois Pedala

Mesmo perdendo a prova final por poucos metros, Henrique Avancini preferiu elogiar a decisão da organização de encerrar antes das seis voltas previstas. “Para mim as condições climáticas ruins não influenciaram no meu resultado como para outros atletas. O cancelamento foi inesperado para nós, porém muito prudente porque as condições eram extremas. E, principalmente, pelo risco de raios achei justo encerrar a competição”, avaliou Avancini.

“Apesar do Cocuzzi ter ido muito nos dois primeiros dias, eu tinha ciência que o Cross Country Olímpico, neste domingo, me favorecia. A diferença era pequena e imaginava que em seis voltas as coisas estariam a meu favor. O Michal estava a 16 segundos de mim, uma boa gordura para eu trabalhar”, relatou o atleta fluminense. “Acreditava que viria muita chuva pela frente. E, apesar do encerramento repentino, fico muito feliz com o resultado. Competi quatro dias no Chipre e voltei para o Brasil para disputar a principal competição do País e fui bem. O apoio do público foi preponderante para mim”, completou Avancini, que somou 160 pontos neste domingo e já havia adicionado 120 pelo segundo lugar no Chipre.

Pódio Masculino Alvaro Perazzoli/Ag. Laborazoli
Pódio Masculino Alvaro Perazzoli/Ag. Laborazoli

Completaram as cinco primeiras colocações do pódio do Cross Country Olímpico os ciclistas Rubinho Valeriano (AOO Specialized), Frantisek Lami (Eslováquia) e José Roberto Gabriel (AOO Specialized). Na classificação geral, Avancini superou o eslovaco, Rubinho manteve-se na terceira posição e Luiz Henrique Cocuzzi e Lukas Kaufmann completaram na quarta e quinta colocações, respectivamente.

Domínio mexicano entre as mulheres – Daniela Campuzano manteve a rotina em Araxá. Como nas duas provas anteiores, a mexicana cruzou a linha de chegada em primeiro lugar. As mudanças vieram logo atrás. Érika Gramiscelli (Soul Cycles) cruzou em segundo lugar, à frente da argentina Agustina Apaza e de Raiza Goulão (AOO Specialized), terceira e quarta colocadas, respectivamente. Isabella Lacerda (LM / Shimano) terminou em quinto lugar.

Pódio Feminino Alvaro Perazzoli/Ag. Laborazoli
Pódio Feminino Alvaro Perazzoli/Ag. Laborazoli

Com o grande desempenho deste domingo, Erika ultrapassou Raiza para garantir o vice-campeonato geral da 20ª Copa Internacional Levorin de MTB. O título ficou com a mexicana Daniela. Raiza e a argentina Agustina Apaza terminaram na terceira e quarta posições, respectivamente, na somatória de tempo dos três dias de disputa. Isabela Lacerda foi a quinta colocada.

“Foi um corrida emocionante, especialmente por causa da chuva. Me diverti muito e gostaria de ter dado mais uma volta, mas a decisão da organização foi boa em função da segurança. Estou muito feliz com o resultado e motivada para o restante da temporada”, disse a campeã Daniela, que revelou adorar correr debaixo de chuva, especialmente quando não faz frio, como em Araxá.

Na briga direta por uma vaga na delegacão brasileira que disputará os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, Erika comemorou muito os pontos conquistados em Araxá. “Disputamos um evento extraordinario e que merecia mesmo essa pontuação, a maior da América Latina. Para nós, que estamos disputando uma seletiva olímpica, é muito importante contar com uma prova deste porte no nosso País”, afirmou. “Estou feliz demais com esse resultado, com meu crescimento ao longo da competição. Estou de equipe nova, equipamento novo e expectativas novas. Vou me preparar para o Pan e seguir no projeto olímpico”, completou.


Erika classificou a prova final do CIMTB como “maravilhosa” e disse que a chuva não complicou sua prova, pelo contrário. “A hora que começou a chover foi sensacional. Tenho uma ténica distinta das adversárias e consegui mostrar isso. Vinha na quinta posição, na estratégia e ataquei na hora certa. Quando vi o tempo fechar vi que era a hora de mostrar o verdadeiro mountain bike”, explicou a atleta, que está no circuito nacional e internacional há 16 anos e compete em Araxá desde a primeira edição da prova.

Fonte: http://www.praquempedala.com.br/
________________________________________________________________________________

Abraão Azevedo embarcou para a África do Sul
Abraão Azevedo busca o tricampeonato da Cape Epic

Abraão Azevedo já embarcou para a disputa da 12ª edição da Ultramaratona Absa Cape Epic, que começa neste domingo (15 de março) e vai até o dia 22, na África do Sul. Ao lado do holandês Bart Brentjens pelo segundo ano consecutivo, o brasileiro está em busca do tri na categoria Máster.
Para o atleta, a edição 2015 estará ainda mais difícil. “Acredito que a dificuldade seja maior ainda, pois a prova por si só já é muito difícil; a diferença é que agora tem o agravante das duplas estarem em um nível muito mais alto e isso vai deixar a concorrência ainda mais forte”, prevê.
Com adversários de peso, Abraão diz que, em termos de equilíbrio entre os competidores, “a diferença entre o vencedor, o segundo ou terceiro vai ser pequena, menor ainda do que nos anos anteriores”.
Abraão Azevedo é atleta Scott nesta temporada e vai pedalar uma Spark 700 RC.
ETAPAS
Prólogo
Sábado, 15 de março | Distância: 20km | Subidas: 600m | Ponto inicial: UCT | Final: UCT

Etapa 1
Segunda-feira, 16 de março | Distância: 113km | Subidas: 2.800m |Ponto Inicial: Oak Valley Wine Estate |Final: Oak Valley Wine Estate

Etapa 2
Terça-feira, 17 de março | Distância: 92km | Subidas: 2.300m | Ponto Inicial: Oak Valley Wine Estate | Final: Oak Valley Wine Estate

Etapa 3
Quarta-feira, 18 de março | Distância: 128km | Subidas: 2.300m | Ponto Inicial: Oak Valley | Wine Estate | Final: HTS Drostdy

Etapa 4
Quinta-feira, 19 de março | Distância: 111km | Subidas: 2.000m | Ponto Inicial: HTS Drostdy | Final: HTS Drostdy

Etapa 5
Sexta-feira, 20 de março | Distância: 117km | Subidas: 2.500m | Ponto Inicial: HTS Drostdy | Final: CPUT Wellington Campus

Etapa 6
Sábado, 21 de março | Distância: 71km | Subidas: 2.000m | Ponto Inicial: CPUT Wellington Campus | Final: CPUT Wellington Campus

Etapa 7
Domingo, 22 de março | Distância: 87km | Subidas: 1.500m | Ponto Inicial: CPUT Wellington Campus | Final: Meerendal Wine Estate

Fonte: www.bikemagazine.com.br


 ________________________________________________________________________________

Chefe da UCI pede renúncia de presidente honorário da entidade 

O presidente da União Ciclística Internacional (UCI), Brian Cookson, pediu para o presidente honorário da entidade, Hein Verbruggen, renunciar ao cargo. Esta é a primeira consequência do relatório divulgado pela Comissão de Reforma Independente do Ciclismo sobre a UCI, neste domingo. O documento culpa Verbruggen e Pat McQuaid, ambos ex-presidentes da entidade, de acobertarem atletas que se dopavam, sendo Lance Armstrong, sete vezes campeão da Volta da França, o caso mais notório.

- Estou muito preocupado com o que li no relatório a respeito das ações de Hein e vou escrever para ele pedindo para considerar sua posição de presidente honorário. Ele cometeu sérios erros de julgamento e tomou decisões equivocadas. Hein tem o poder de se demitir. Vamos ver o que vai acontecer - disse Cookson, nesta segunda-feira, ao jornal inglês "The Guardian".

Hein Verbruggen e lance Armstrong, 2000 (Foto: Getty Images)

Verbruggen interpretou o relatório de maneira positiva, pelo fato de o relatório não ter comprovado corrupção no caso de Armstrong.

- As teorias conspiratórias e acusações foram todas desmascaradas de uma vez por todas. Estou satisfeito porque este relatório confirmou o que eu sempre disse: minha completa inocência diante das acusações à minha pessoa no passado - disse Verbruggen.

De fato, o relatório não afirma que a  relação entre Armstrong e a UCI na gestão de Verbruggen era corrupta. Mas conclui que o ex-ciclista se beneficiou de um status proporcionado pela liderança da UCI. Cookson disse que se chocou ao saber de um relatório encomendado pela UCI em 2005, após alegações de que haviam sido encontrados traços da sustância proibida EPO nas amostras de sangue de Armstrong, de 1999.

- Está claro que a UCI nunca quis ser totalmente independente. Está claro que os advogados de Lance Armstrong escreveram longas ações, e está claro que a UCI foi cúmplice. Estava errada e deveria ter ficado claro que estava errada desde o início. Foi um grande erro de julgamento e foi imperdoável - disse Cookson.

Fonte: GloboEsporte.com / Londres
________________________________________________________________________________


"Segurança no trânsito - Dicas e Sinalizações"

Dicas importantes para qualquer ciclista

1. Bicicleta é bicicleta; automóvel é automóvel
2. Não use a bicicleta da mesma forma que usa um veículo motorizado
3. O caminho mais seguro para a bicicleta pode ser diferente do automóvel
4. Descubra a vida que a bicicleta oferece e evite fazer comparações

Nada é mais seguro que: 

1. Usar o bom senso - use e abuse 
2. Ser cordial e simpático 
3. Ser bem visível 
4. Olhar lá na frente e antecipar os acontecimentos 
5. Sinalizar bem suas intenções

Sempre:

1. Usar equipamento bom 
2. Ser o mais suave possível na condução da bicicleta 
3. Preservar energia para o momento necessário 
4. Respeitar os outros e muito em especial os pedestres 
5. Pedalar à direita, em linha reta a 1 metro dos obstáculos

Onde os acidentes acontecem:


1. 95% dos acidentes acontecem nos cruzamentos e esquinas na contramão.
2. É muito difícil colisão por trás do ciclista (não fique olhando para trás)

Nunca:

1. Contramão NÃO! É a situação mais perigosa para o ciclista.
2. Brigar - jamais!
3. Bebida definitivamente não dá pedal

Faz diferença:
1. Estabeleça contato visual: olhe nos olhos e saiba o que o outro vai fazer.
2. Equipamento de segurança

Uma vida de qualidade:


1. Hidratação constante; alimentação e alongamentos corretos; dormir bem e ser feliz!
2. Repense seu bairro, cidade ou área 

Fonte: http://www.escoladebicicleta.com.br/